quinta-feira, 18 de outubro de 2018

PELOTAS, CAPITAL DO JERSEY GAÚCHO

2018 - as três principais vencedoras em Pelotas, arqu. Vener
Em 1948, há 70 anos, em Pelotas foi fundada a ASSOCIAÇÃO DE CRIADORES DE GADO JERSEY DO RS, a segunda estadual no Brasil precedida, apenas, pela ASSOCIAÇÃO DE CRIADORES DE GADO JERSEY - na cidade do Rio de Janeiro, em 1938, que assumiu imediatamente, caráter nacional.

2016 - a posse da atual diretoria da ACGJRS, arqu. JerseyRS
A ACGJRS, apelidada atualmente como JerseyRS, sempre contou com o apoio da centenária ASSOCIAÇÃO RURAL DE PELOTAS (fundada em 1898) que, nesta 92ª Exposição Agropecuária comemorou seus 120 anos de existência e cuja diretoria atual, sob a presidência de CAROLINA OSÓRIO, esmerou-se para realizar uma das mais organizadas e importantes mostras de tôda sua existência.  Parabéns à atual Diretoria, e a tôdas as anteriores, pela forma magnífica com que acompanharam, e divulgaram, nossa agropecuária regional - ícones do setor no Brasil.

Pórtico e sede do Parque Ildefonso Simões Lopes, arqu.ARP
Pelotas é um dos mais tradicionais centros de criação, melhoramento, divulgação e exposição da raça Jersey, não só no Rio Grande do Sul como em todo o Brasil.


Mesa central da sala da diretoria da ARP, arqu.CGR
Em outubro de 1942, tendo como jurado o eng.agr. GLACY PINHEIRO MACHADO, promoveu e realizou a segunda especializada da raça no Brasil, cuja Grande Campeã foi ALNIOD CARIKA LUCIE, de Oswaldo Kröeff. Em 1945, D.QUINQUINHA DE ASSIS BRASIL foi a primeira mulher a julgar a raça Jersey no Brasil, numa concorrida especializada em Pelotas.

D.Quinquinha, arqu.JerseyRS

Fundada a 2 de setembro de 1948, a ASSOCIAÇÃO DE CRIADORES DE GADO JERSEY DO RIO GRANDE DO SUL elegeu, como presidente de sua primeira diretoria, justamente a filha de Joaquim Francisco de Assis Brasil (o patrono da raça Jersey no Brasil): D.JOAQUINA FRANCISCA, conhecida no meio agropecuário como D.QUINQUIM ou D.QUINQUINHA, com importante participação nos eventos desta raça que, na denominada I EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DE GADO LEITEIRO, teve como jurado o engº agrº WALDEMAR MIRANDA DE OLIVEIRA, o concurso leiteiro vencido por Rosinha, vaca PC de 4 anos de Emílio Nüremberg.

Incentivados pelo presidente da Sociedade Agrícola de Pelotas, Dr.Guilherme Echenique Filho, e pelo técnico da Secretaria da Agricultura do RS responsável pelo registro da raça Jersey no sul do estado, Dr.Mário Burck Santos, um grupo de pecuaristas da região de Pelotas fundou a Associação de Criadores de Gado Jersey do Rio Grande do Sul, cabendo à filha de Assis Brasil, carinhosamente conhecida como “D.Quinquinha”, presidir sua primeira diretoria, 52 anos após a entrada da Jersey nos campos gaúchos. A luta pelo oficialização do contrôle leiteiro, a divulgação do concurso leiteiro em exposições, e a formação do 1º Conselho de Jurados da Raça Jersey (9/12/1962), foram sempre solicitados, incentivados e apoiados por Mário Mendes de Mattos. O trabalho iniciado em 1948 pelos fundadores da ACGJRS contribuiu para a evolução e valorização da raça, com a conseqüente melhoria genética dos rebanhos gaúchos, fornecedores de matrizes e reprodutores para todo o Brasil.

A sede, até os dias atuais em Pelotas, desde o início contou com o apoio das diretorias da ASSOCIAÇÃO RURAL DE PELOTAS, em cujo Parque de Exposições foram realizadas as estaduais de 1949 (I), 1951 (II) e 1957 (VIII), a segunda internacional devido ao caráter da Exposição Agropecuária de Pelotas. Os jurados foram o Dr.MANOEL CORRÊA SOARES, nas duas primeiras. D.QUINQUINHA DE ASSIS BRASIL julgou a terceira, atribuindo o Grande Campeonato Macho ao touro LORD DE VILA MARIA (criador Sr. Mário Mendes de Mattos, expositor Dr.Paulo Gastal), e o Grande Campeonato Fêmea à vaca CLARA MARIA GALHARDI BASILUA (criador e expositor Sr. Herculano Gomes).


Anualmente, a Exposição Agropecuária de Pelotas apresenta belos exemplares de Jersey, com grande disputa entre animais, expositores e criadores, quando também são realizados diversos cursos e seminários importantes para a atividade leiteira, promovidos pelo pujante Núcleo de Criadores de Gado Jersey de Pelotas – atualmente presidido por José Fernando Mascarenhas - e por diversas outras entidades ligadas ao setor de produção e industrialização do leite, regionais e estaduais.

2018 - o Presidente Mascarenhas, após entregar a roseta à Grande Campeã, arqu.Vener
  
OS PRINCIPAIS VENCEDORES DA 92ª EXPO-FEIRA DE PELOTAS: 
(fotos de Vener Enns)



Julgada por FRANCISCO OTTO JOSÉ COELHO, médico veterinário e juiz da raça Jersey, os principais resultados desta grande mostra que contou com 106 Jersey de 15 expositores:


Grande Campeão: [004] - EMBRAPA 1719 VITOR KANOO CHEERS (Embrapa 417 Ronda Jamaica Kanoo x Elliotts Tequila Cheers), exp. Embrapa CPACT

Reservado de Grande Campeão: [003] - EMBRAPA 1724 VENCE EROS CHEERS (Embrapa 358 Perla Fusion Eros x Elliotts Tequila Cheers), exp. Embrapa CPACT


Grande Campeã: [097] - JANDIRA ELEGANTE DO CINCO SALSOS 972 (Fanfan Jamaica do Cinco Salsos 838 x Elegante 206 Legion da Maya-TE), exp. Cinco Salsos PAP

Reservado de Grande Campeã: [088] - CASTELO 361 SAPEKA ON TIME (Castelo 224 Jayma Gravy x Lencrest On Time-ET), exp. Gerda Ebert Enns

3ª Melhor Fêmea: [085] - CASTELO 394 CHILENA BLACKSTONE (Castelo 201 Darfe Brazo x Lencrest Blackstone-ET), exp. Gerda Ebert Enns

Melhor Úbere da Exposição:
 
[097] - JANDIRA ELEGANTE DO CINCO SALSOS 972 (Fanfan Jamaica do Cinco Salsos 838 x Elegante 206 Legion da Maya-TE), exp. Cinco Salsos PAP



Campeã Vaca Jovem: [085] - CASTELO 394 CHILENA BLACKSTONE (Castelo 201 Darfe Brazo x Lencrest Blackstone-ET), exp. Gerda Ebert Enns

Reservado de Campeã Vaca Jovem: [079] - NANDA MAX DO CINCO SALSOS 1168 (Imaculada Valentin do Cinco Salsos 295 x Max 74-14 Action Upsala Via Lactea), exp. Cinco Salsos PAP

3 Melhor Vaca Jovem: [073] - EMBRAPA 498 TATIANA NEBRI RADAR (Embrapa 376 Quirera Lelo Nebri x Embrapa 1415 Radar Minister TBone), exp. Embrapa CPACT

Melhor Úbere Jovem: [085] - CASTELO 394 CHILENA BLACKSTONE (Castelo 201 Darfe Brazo x Lencrest Blackstone-ET), exp. Gerda Ebert Enns



Campeã Fêmea Jovem: [069] - GUTA ON TIME UAITCHE (Cakinho Uaitche x Lencrest On Time-ET), exp. Samuel Antonio Neugebauer

Reservado de Campeã Fêmea Jovem: [054] - MARIA FLOR RESSURECTION FALCÃO DO SITIO S.ROQUE (Mimosa Flávia 175 Cris Ressurection x Falcão 518 Renaissance da Maya), exp. Mirela Scattolin Anselmo

3ª Melhor Fêmea Jovem:  [066] - V.B 5574 OHANA VOLCANO (Mistura Sandro Legion Del Passo x All Lynns Legal Volcano-ET), exp. Virgilio Biesdorf


TORNEIO LEITEIRO ATÉ 36m, 2x/24h (2 concorrentes):

foto de Márcio Spallone: entrada da sala de ordenha
1ª - [078] - 19,95kg - MARIA EMILY J07 JADE VOCATION DO SITIO SAO ROQUE (Esmeralda J07 Jade Vocation do Sitio São Roque), exp. Mirela Scattolin Anselmo

2ª - [079] - 14,12 kg - NANDA MAX DO CINCO SALSOS 1168 (Imaculada Valentin do Cinco Salsos 925 x Max 74-14 Action Upsala Via Lactea), exp.Cinco Salsos PAP


TORNEIO LEITEIRO ACIMA 36 m, 2x/24h (5 concorrentes):

1ª - [097] - 40,45 kg - JANDIRA ELEGANTE DO CINCO SALSOS 972 (Fanfan Jamaica do Cinco Salsos 838 x Elegante 206 Legion da Maya-TE), exp. Cinco Salsos PAP

2ª - [100] - 38,90 kg - ISA MECCA DO CINCO SALSOS 936 (Tarcilia Marker do C. Salsos 479 x Sunset C. Mecca-ET), exp. Cinco Salsos PAP  

3ª - [091] - 25,25kg - LENINHA QUINCA BOLD VENTURE 5C DO CAFUNDÓ (Heleninha Dandy Tunico Legend 5C do Cafundó x Quinca Imperial B.Venture 5C do Cafundó), exp. Francisco Barbosa Coelho 


MELHOR CRIADOR (15 pontuaram):
1º - Cinco Salsos PAP = 4.021,64
2º - José Fernando Quadros de Leon = 2.904,40 pts
3º - Embrapa CPACT = 2.637,28 pts
4º - Gerda Ebert Enns = 1.189,32 pts
5º - Mirela Scattolin Anselmo = 698,54 pts

MELHOR EXPOSITOR (15 pontuaram):
1º - Cinco Salsos PAP = 4.021,64 pts
2º - José Fernando Quadros de Leon = 3.059,16 pts
3º - Embrapa CPACT = 2.637,28 pts
4º - Gerda Ebert Enns = 1.189,32 pts
5º - Mirela Scattolin Anselmo = 889,34 pts

MELHOR AFIXO (16 pontuaram):
1º - CINCO SALSOS, de Cinco Salsos PAP = 3.216,04 pts
2º - SANGA PRETA, de José Fernando Quadros de Leon = 2.904,40 pts
3º - EMPRAPA, de Embrapa CPACT = 2.637,28 pts
4º - CASTELO, de Gerda Ebert Enns = 1.189,32 pts
5º - MARIA DO SITIO S.ROQUE, de Mirela Scattolin Anselmo = 486,54 pts

MELHOR CRIADOR JOVEM (14 pontuaram):
1º - Embrapa  CPACT = 2.064,88 pts
2º - José Fernando Quadros de Leon = 1.320,76 pts
3º - Cinco Salsos PAP = 801,36 pts
4º - Samuel Antônio Neugebauer = 478,06 pts
5º - Gerda Ebert Ennz = 464,28 pts

MELHOR EXPOSITOR JOVEM (14 pontuaram):
1º – Embrapa CPACT = 2.064,88 pts
2º -
José Fernando Quadros de Leon = 1.623,92
3º - Cinco Salsos PAP = 801,36 pts
4º - Samuel Antônio Neugebauer = 478.06 pts
- Gerda Ebert Enns = 464,28 pts

MELHOR AFIXO JOVEM (15 pontuaran):
1º - EMBRAPA, de Embrapa CPACT = 2.064,88 pts
2º - SANGA PRETA, de José Fernando Quadros de Leon = 1.320,76 pts
3º - CINCO SALSOS, de Cinco Salsos PAP = 801,36 pts
4º - UAITCHE, de Samuel Antônio Neugebauer = 478,06 pts
5º - CASTELO, de Gerda Ebert Enns = 464,28 pts



quarta-feira, 17 de outubro de 2018

JERSEY NA EXPO-FEIRA DE SÃO LOURENÇO DO SUL-RS

A RAÇA JERSEY EM SÃO LOURENÇO DO SUL


Até o final da década de 1970, do evento agropecuário de primavera participavam, quase com exclusividade, as raças bovinas Holandêsa e Charolesa, e ovinos de lã. Com o passar do tempo, a Jersey começou a ser exposta e, progredindo, assumiu a liderança dentre os bovinos. E não foi por acaso: grande mérito deve ser outorgado ao prof.BRUNO KNEIB, durante anos organizando e difundindo a Jersey, sempre com o apoio da atual presidente do Núcleo de Criadores de Gado Jersey de São Lourenço do Sul, MIRELA SCATTOLIN ANSELMO. 

Ambos, organizados e perseverantes, proporcionaram apoiados por diversos jersistas da região e pelo Sindicato Rural local, condições para que São Lourenço marcasse, com orgulho, sua posição de “GRANDE BACIA LEITEIRA COM A RAÇA JERSEY NO SUL DO RS”.


A participação da Jersey em suas tradicionais exposições-feiras, realizadas na primavera, interrompida em 2014 por problemas de infra-estrutura em seu belo e pitoresco parque, motivou a realização de uma mostra, exclusiva da raça, no outono seguinte. O sucesso alcançado incentivou a realização da II e III FEIRA REGIONAL DA ZONA SUL DE GADO JERSEY, ocorridas em abril de 2016 e de 2017, ranqueadas com mais de 90 animais efetivamente expostos. 

São Lourenço do Sul, situado numa tradicional, agradável e produtiva região leiteira brasileira, está localizado a 190 km ao sul de Porto Alegre e a 50 km ao norte de Pelotas. Com área total de 2.036.130 km² abriga população de 43.114 habitantes, densidade de 21,17 hab/km² (IBGE 2010), altitude de 26m (cidade) e 325m (interior), e bom clima subtropical.

Significativo número de jersistas valorizam o leite lá produzido, disputado por laticínios locais e de outras regiões por sua alta qualidade. Como sempre ocorreu tem apoio irrestrito de seu importante Sindicato Rural, fortalecido desde 2016 com a criação do Núcleo local de criadores de Jersey. 


OS PRINCIPAIS RESULTADOS EM 2018:

Julgados pelo gaúcho GUSTAVO GROFF, médico veterinário integrante do CNJRJ, vejam os grandes vencedores:


Grande Campeão:  [002] - ODIN MAX DO CINCO SALSOS 1265 (Inca Ressurection do Cinco Salsos 942 x  Max 74-14 Action Upsala Via Lactea, exp. Cinco Salsos PAP


Reservado de Grande Campeão:  [001] - GUAPO VALENTIN LEGAL DO BRUAMA (Nambu Legal Action do Bruama x Valentin Berretta N.Montanhes-TE) – exp.Bruno Kneib



Grande Campeã:  [072] - PALOMA VALENTINO DA CABANHA DA FIGUEIRA (Paula Verner da Cabanha da Figueira x All Lynns Louie Valentino-ERT), exp.Geferson Tessmer e Janice Tessmer


Reservado de Grande Campeã:  [081] - JANDIRA ELEGANTE DO CINCO SALSOS 972 (Fanfan Jamaica do Cinco Salsos 838 x Elegante 206 Legion da Maya), exp. Cinco Salsos PAP

3º Melhor Fêmea: [066] - CASTELO 394 CHILENA BLACKSTONE (Castelo 201 Darfe Brazo x Lencrest Blackstone-ET), exp.Gerda Ebert Enns

Melhor Úbere da Exposição:  [072] - PALOMA VALENTINO DA CABANHA DA FIGUEIRA




Campeã Vaca Jovem: [066] – CASTELO 394 CHILENA BLACKSTONE (Castelo 201 Darfe Brazo x Lencrest Blackstone-/ET), exp. Gerda Ebert


Reservado de Campeã Vaca Jovem: [049] PEROLA VALENTINO CABANHA DA FIGUEIRA (Piava Reagon da Cabanha da Figueira x All Lynns Valention-ET), exp.Geferson Tessmer e Janice Tessmer

3ª Melhor Vaca Jovem: [061] PAIS OLIVER CABANHA DA FIGUEIRA (Paola 66 do Rancho Velho-gêmea x Durch-Hollow Oliver-P), exp. Geferson Tessmer e Janice Tessmer

Melhor Úbere Jovem:  [066] - CASTELO 394 CHILENA BLACKSTONE (Castelo 201 Darfe Brazo x Lencrest Blackstone-ET), exp. Gerda Ebert Enns


Campeã Fêmea Jovem: [016] - MAGICA JOEL DA CABANHADA FIGUEIRA (Miruca on Time Cabanha da Figueira x Guino Joel ET), exp.Geferson Tessmer e Janice Tessmer

Reservada de Campeã Fêmea Jovem:  [004] - SORTE QUINCA PAULU'S II 5C DO CAFUNDO (Luck Hera I Quinca Bold Venture 5C do Cafundo x Paulua’s II Generator Ressurection da 4P), exp.Francisco Barbosa Coelho

3ª Melhor Fêmea Jovem:  [047] - GUTA ON TIME UAITCHE (Cakinho Uaitche x Lencrest On Time-ET), exp.Samuel Antônio Neugebauer)

TORNEIO LEITEIRO ATÉ 36 m (6 concorrentes):


1º - [049] - 21,50 kg - PEROLA VALENTINO CABANHA DA FIGUEIRA (Piava Reagon da Cabanha da Figueira x All Lynns Valentino), exp. Geferson Tessmer e Janice Tessmer

2º - [059] - 21,30 kg - SERENA RILEY CABANHA DA FIGUEIRA (Scarpel 121 Marciano x Chasin-Rainbows Act Riley-ET), exp. Geferson Tessmer e Janice Tessmer

3º - [052] - 20,90kg - CASTELO 416 SUHAYA BLACKSTONE (Castelo 156 Yadini Duncan Jude x Lencrest Blackstone-ET), exp. Gerda Ebert Enns


TORNEIO LEITEIRO ACIMA 36 m (8 concorrentes):

 
1º - [081] - 43,80 kg - JANDIRA ELEGANTE DO CINCO SALSOS 972 (Fanfan Jamaica do Cinco Salsos 838 x Elegante 206 Legion da Maya), exp. Cinco Salsos PAP  

2º - [084] - 40,20 kg - ISA MECCA DO CINCO SALSOS 936 (Tarcilia Marker do Cinco Salsos 479 x Sunset Canyon Mecca-ET), exp.Cinco Salsos PAP  

3º - [079] - 28,30 kg - MORGANA GOVERNOR DA CABANHA DA FIGUEIRA (Scarpel 121 Marciano x Griffens Governor-ET), exp. Geferson Tessmer e Janice Tessmer

 MELHOR CRIADOR (8 pontuaram):
  1. CINCO SALSOS PAP = 2.597,90 pts
  2. GEFERSON TESSMER e JANICE TESSMER = 1.814,38 pts
  3. GERDA EBERT ENNS = 1.230,89 pts
  4. BRUNO KNEIB = 1.112,20 pts
  5. AIRTON ROGÉRIO MOTA DE MOTA = 778,54 pts

MELHOR EXPOSITOR (8 pontuaram):
1º - Cinco Salsos PAP = 2.597,90 pts
2º - Geferson Tessmer e Janice Tessmer = 1.814,38 pts
3º - Gerda Ebert Enns = 1.230,89 pts
4º - Bruno Kneib = 1.230,89 pts
5º - Airton Rogerio Mota de Mota = 1.002,64 pts



MELHOR AFIXO (11 pontuaram):
1.       CINCO SALSOS, de Cinco Salsos PAP = 2.265,90  pts
2.       DA FIGUEIRA, de Geferson Tessmer e Janice Tessmer = 1.515,58  pts
3.       BRUAMÁ, de Bruno Kneib = 1.112,20  pts
4.       CASTELO, de Gerda Ebert Enns = 998,00  pts
5.       RANCHO VELHO, de Airton Rogério Mota de Mota = 678,94 pts


MELHOR CRIADOR JOVEM (8 pontuaram):
  1. BRUNO KNEIB = 1.112,20 pts
  2. CINCO SALSOS PAP = 713,80 pts
  3. GERDA EBERT ENNS = 488,04 pts
  4. GEFERSON TESSMER e JANICE TESSMER = 345,28 pts
  5. FRANCISCO BARBOSA COELHO = 317,89 pts

MELHOR EXPOSITOR JOVEM (8 pontuaram):
  1. BRUNO KNEIB = 1.112,20 pts
  2. CINCO SALSOS PAP = 713,80 pts
  3. GERDA EBERT ENNS = 488,04 pts
  4. GEFERSON TESSMER e JANICE TESSMER = 345,28 pts
  5. FRANCISCO BARBOSA COELHO = 317,89 pts

MELHOR AFIXO JOVEM (8 pontuaram):
  1. BRUAMÁ, de Bruno Kneib = 1.112 pts
  2. CINCO SALSOS, de Cinco Salsos PAP = 713,80 pts
  3. CASTELO, de Gerda Ebert Enns = 488,04 pts
  4. DA FIGUEIRA, de Geferson Tessmer e Janice Tessmer = 345,28 pts
  5. CAFUNDÓ, de Francisco Barbosa Coelho = 317,89 pts


Agradeço ao VENER pela maioria das fotos aqui postadas.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

TAURAS DA RAÇA JERSEY (XXXII) - AYRTON RAFFI DOS SANTOS



AYRTON RAFFI DOS SANTOS foi um dos mais especializados expositores da raça Jersey que conheci. De algumas das várias conversas com êle, e numa entrevista na sua propriedade em 2012, obtive o conteúdo desta postagem, e tenho muito prazer em divulgá-lo como um dos TAURAS DA RAÇA JERSEY.


Trabalho familiar exemplar, Raffi sempre contou com o apoio da esposa Nenê, da filha Márcia, e do genro Aguinaldo, todos muito dedicados e interessados no progresso do empreendimento SITIO EL PASSO. Também os netos, Thiago e Rafaela, participaram dos tratos.



Professor por formação, pecuarista por vocação, seu trabalho foi vencedor em termos de melhoramento zootécnico e de participação em eventos da raça Jersey na região sul do Rio Grande do Sul.


Impecável na escolha dos exemplares a participar em cada exposição, não deixava de adquirir animais de boa genética e apresentação quando propiciado, utilizando sempre o sêmen dos melhores touros dos EUA e CANADÁ na tentativa de obter filhas melhores do que as mães.


Veja seu depoimento:

“Tudo começou na década de 80, quando comprei uma fêmea mestiça da cabanha OPA OMA (de Fernando Müller) e levei-a para meu sítio localizado no Rincão do Andrade, 7º Distrito de Pelotas. Associei-me à Cosulati – Cooperativa Sulriograndense de Laticínios Ltda., e passei a entregar o leite para ela.


Após alguns anos vendi essa propriedade, mudando-me para o 9º Distrito de Pelotas, começando tudo outra vez: construções, rebanho, funcionários... . O afixo “El Passo” originou-se por estar, a nova área, localizada no Passo do Salso. 


Mas havia uma questão fundamental: como produzir leite com lucro, administrando à distância uma área de 11 hectares?

Decidi investir, e saí atrás de genética: José Guerra Mendina, RK, Cabanha Butiá, Cabanha Miraquiluna, Cabanha Cascalho, Virgílio Biesdorf, Elton Butierres, entre outros. Formada a base do plantel, iniciei uma série de acasalamentos acertados, sempre utilizando sêmen dos melhores touros ranqueados disponíveis no mercado.


Todos sabem que dirigir uma propriedade leiteira requer muito trabalho e bom assessoramento e, pensando nisso, contratei os serviços da Animal’s Policlínica Veterinária, dirigida pelos médico-veterinários Fadrique e André, competentes e dedicados profissionais que muito auxiliaram no manejo dos animais, aumentando sua produção a baixo custo e alta qualidade. Aproveitei, também, o apoio dos departamentos da Cosulati, a nossa cooperativa de produtores. A nutrição dos animais recebeu a maior atenção, e um amplo trabalho foi desenvolvido oferecendo alimentação de qualidade a custo reduzido, inclusive com a utilização de feno de Tifton em substituição ao de alfafa.

O manejo simples não causa estresse. As terneiras de zero a seis meses recebiam 4 litros de leite/dia, ração especial à vontade, e feno de Tifton. Após o desmame, aos seis meses, passavam o dia nos piquetes, sendo recolhidas à noite recebendo alimentação suplementar de acordo com a idade. As vacas em lactação, por ocasião da ordenha, recebiam ração concentrada (fórmula especial) indo, durante o dia, para a pastagem (de inverno e de verão, toda dividida com cerca elétrica). A média diária da produção de leite do Sítio era de 20 Kg/dia por vaca. 


Controle sanitário bem rigoroso, tanto dos animais como do leite, passando por uma bateria de testes. As vacinas convencionais e específicas aplicadas no gado com o detalhe das agulhas não serem compartilhadas entre os animais, numa atitude higiênica e preventiva. As vacas secas também tinham atenção especial por ser essa a melhor ocasião para reconstruir a saúde do úbere.

O Sítio “El Passo” utilizava ainda: semiconfinamento, resfriador a granel, controle leiteiro oficial, e a propriedade controlada e isenta de brucelose e de tuberculose com trabalho realizado pelo médico-veterinário Renato Vianna.

A mão-de-obra era bàsicamente executada por pessoas da família, sendo os serviços do tambo coordenados por minha esposa Leni (Nenê). Os grandes campeonatos foram conquistados através de genética e da preparação em casa, com o constante apoio da Nenê, da filha Márcia, do genro Aguinaldo, dos netos Thiago e Rafaela, e do pequeno grande homem Urubatan que fizeram, aos poucos, as conquistas do Sítio “El Passo” tornarem-se realidade.”


Sempre participando das grandes e especializadas exposições no sul do RS, notadamente Pelotas, Canguçú e São Lourenço, Ayrton explica detalhamente seu início e continuação, justificando sua enorme galeria de prêmios e títulos:

“A nossa trajetória em exposições começou em abril de 1991, quando participamos da Expofeira de Gado Leiteiro de Pelotas, com a fêmea mestiça Madalena del Passo (JM-4), que foi a Reservada Campeã de categoria. Nesse ano adquiri as três primeiras vacas PO, do condomínio Sérgio Abreu Neves e Filhos.


A cada ano, durante as exposições de que participava, aprendemos muito, até que em 1998 nossas “pequenas notáveis” (como são carinhosamente chamadas as vacas Jersey) venceram o concurso leiteiro nas duas categorias, com 51,700 e 75,000kg, respectivamente: foi um banho de leite em Pelotas.

Nosso verdadeiro sucesso em pista começou em 2000, quando conquistamos o Grande Campeonato e o Concurso Vaca do Futuro (Maritania Junde Del Passo), além de Campeã Júnior, Reservada Campeã Júnior e 3ª Melhor Fêmea da Exposição, sendo a cabanha mais premiada da raça Jersey. Em outubro vencemos o Grande Campeonato e o concurso leiteiro até 36 meses em Pelotas, e em Canguçu nossa foi a Grande Campeã, a Reservada de Grande Campeã, e o 1º lugar no Concurso Leiteiro até 36 meses.

Em abril de 2001, na 22ª Expofeira de Pelotas,obtivemos o título de Melhor Expositor, Reservada de Grande Campeã e de Reservada Campeã Júnior e, em outubro, o Reservado de Grande Campeã e Campeã Júnior. Em Canguçu fomos bicampeões: Grande Campeã, Reservada de Grande Campeã, 3ª Melhor Fêmea da Exposição e Campeã Júnior, fechando o ano com vacas entre as 10(dez) melhores produções leiteiras em exposições gaúchas, nas duas categorias, além da 1ª colocação no ranking dos expositores.

Na 23ª Expofeira de Pelotas, abril de 2002, fomos Melhor Expositor e Melhor Criador, conquistando em outubro, na 76ª Expofeira de Pelotas Campeã Júnior, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Campeã Leiteira até 36 meses e Melhor Expositor. Já em Canguçu, os prêmios de destaque foram: Grande Campeã, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Campeã Júnior, Melhor Úbere da Exposição, Melhor Criador e Melhor Expositor, assim tricampeões.


Em abril de 2003, na XXIV Expofeira de Gado Leiteiro de Pelotas, o Sítio “El Passo” foi premiado com Reservada Campeã Júnior, Reservada de Grande Campeã, Melhor Úbere da Exposição e Campeã Leiteira até 36 meses. Na 77ª Expofeira de Pelotas, outubro, fomos Campeã Júnior e 3ª Melhor Fêmea da Exposição. Em Canguçu, o tetra foi conquistado (Campeã Leiteira até 36 meses, Reservada Campeã Leiteira até 36 meses, Campeã Júnior, Reservada Campeã Júnior, Reservada Grande Campeã, Melhor Úbere da Exposição, Grande Campeã e Melhor Expositor).


Na 25ª Expoutono de Pelotas, abril de 2004, nossas eram a  Campeã Júnior, Grande Campeã, Melhor Úbere da Exposição e 1º lugar no Concurso Leiteiro até 36 meses. Em outubro do mesmo ano, na 78ª Expofeira de Pelotas, nossas eram: Grande Campeã, Reservada Grande Campeã, Melhor Úbere da Exposição e Campeã Júnior. Em Canguçu, maior premiado da raça Jersey e pentacampeão, o Sitio El Passo apresentou a Campeã Júnior, a 3ª Melhor Fêmea Jovem, a Campeã Leiteira até 36 meses, a Campeã Leiteira acima de 36 meses, a Reservada Campeã Leiteira acima de 36 meses, a Reservada de Grande Campeã, a Grande Campeã, a 3ª Melhor Fêmea da Exposição, o Melhor Úbere da Exposição. Conclusão: Melhor Expositor.


Na 26ª Expoutono de Pelotas, abril de 2005, os melhores do Jersey são do Sítio "El Passo" (Campeã Júnior, Reservada Campeã Júnior, Melhor Úbere da Exposição, Reservada de Grande Campeã e Grande Campeã). Na 79ª Expofeira de Pelotas: Reservada Campeã Júnior, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Reservada de Grande Campeã, Grande Campeã, Melhor Úbere da Exposição, Melhor Criador e Melhor Expositor. Em Canguçu, o hexa consecutivo:Campeã Júnior, 3ª Melhor Fêmea Júnior, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Grande Campeã, Melhor Úbere da Exposição e Melhor Expositor.


Em 2006, na 27ª Expoutono de Pelotas, o Sítio “El Passo” é o grande vencedor no Jersey, conquistando: 1º e 2º lugares no Concurso Leiteiro até 36 meses, Reservada Campeã Júnior, 3ª Melhor Fêmea Júnior, Grande Campeã, Reservada de Grande Campeã, Melhor Úbere da Exposição, Melhor Criador e Melhor Expositor. Em outubro os prêmios de destaque foram: Campeã Júnior, Reservada Campeã Júnior, Reservada Grande Campeã, 3ª Melhor Fêmea de Exposição, Melhor Criador e Melhor Expositor. Já em Canguçu, conseguimos a seguinte premiação de destaque: Campeã Júnior, Reservada Campeã Júnior, Reservada de Grande Campeã, Grande Campeã, Melhor Úbere da Exposição, 1º Lugar no Concurso Leiteiro até 36 meses, Melhor Criador, Melhor Expositor e o heptacampeonato.”


A manchete do Diário Popular de março de 2007, alusiva à 28ª Expoutono de Pelotas, foi: CRIADOR DE PELOTAS CONQUISTA PRÊMIOS PRINCIPAIS (Grande Campeã, Reservada de Grande Campeã, 3ª Melhor Fêmea da Exposição). Na 81ª Expofeira de Pelotas, outubro de 2007, o Sítio “El Passo” foi premiado com: 1º Lugar no Concurso Leiteiro até 36 meses, 1º e 2º lugares no Concurso Leiteiro acima de 36 meses, Campeã Vaca do Futuro, Reservada de Grande Campeã, Melhor Expositor e Melhor Criador. Na 40ª Expofeira de Canguçu, o octacampeonato (Grande Campeã, Reservada de Grande Campeã, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Campeã Júnior, Melhor Úbere da Exposição e Melhor Expositor).



Na 29ª Expoutono de Pelotas, 2008, o Sítio “El Passo” não conquistou nenhum dos principais prêmios, embora tenha classificado seus animais em várias categorias. Já na 82ª Expofeira de Pelotas, mais uma vez foi destaque, conquistando: Campeã Júnior, Grande Campeã, Reservada de Grande Campeã, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Melhor Úbere da Exposição, Campeã Leiteira acima de 36 meses, Melhor Criador e Melhor Expositor. Em Canguçu, na 41ª Expofeira, o eneacampeonato com os seguintes prêmios: Campeã Júnior, Grande Campeã, Reservada de Grande Campeã, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Melhor Úbere da Exposição e Melhor Expositor


Emocionado, Raffi continua:

“O ano de 2009 foi espetacular, pois obtivemos destaque na 30ª Expoutono com a Grande Campeã, Reservada de Grande Campeã, Campeã Júnior, Reservada Campeã Júnior, Melhor Úbere da Exposição, Melhor Criador, 1º lugar Concurso Leiteiro até 36 meses, tendo como concorrentes Cabanhas que investem fortemente na raça. Já na 83ª Expofeira de Pelotas, aconteceu algo inédito, o Sítio “El Passo” conquistou todos os maiores prêmios: Grande Campeã, Reservada de Grande Campeã, Campeã Júnior, Reservada Campeã Júnior, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Melhor Úbere da Exposição, Campeã Leiteira até 36 meses, Melhor Expositor e Melhor Criador. Em Canguçu, no mesmo ano, durante a 42ª Expofeira, os prêmios conquistados foram: Campeã Júnior, Reservada Campeã Júnior, Grande Campeã, Reservada de Grande Campeã, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Melhor Úbere da Exposição e Melhor Expositor. O decacampeonato consecutivo!


Em 2010, na 31ª Expoutono, conquistamos: Campeã Leiteira até 36 meses, Reservada Grande Campeã, Grande Campeã, Reservada Campeã Júnior, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Melhor Úbere da Exposição, Campeã Conjunto Vacas Leiteiras, Campeã Conjunto Família, Melhor Criador e Melhor Expositor. Em outubro, na 84ª Expofeira/Pelotas,  repetimos a façanha dos últimos anos ficando com a maioria da premiação: Reservada Grande Campeã, Grande Campeã, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Campeã Júnior, Melhor Úbere da Exposição, Melhor Criador, Melhor Expositor, entre outros. Já em Canguçu, na 43ª Expofeira, o hendecacampeonato consecutivo: Campeã Júnior, Reservada Grande Campeã, Grande Campeã, 3ª Melhor Fêmea da Exposição, Melhor Úbere da Exposição, Melhor Criador, Melhor Expositor, Campeãs Conjuntos Família e de Vacas Leiteiras.”


2011 começou com grande destaque na 32ª Expoutono de Pelotas: Reservada Grande Campeã, Grande Campeã, Campeã Vaca Seca, Melhor Criador e Melhor Expositor. Na 85ª Expofeira de Pelotas, após muita análise, coube ao Sítio “El Passo”: Grande Campeã, Reservada Grande Campeã, 3ª Melhor Fêmea da Exposição,  Melhor Úbere da Exposição, Melhor Expositor, Campeãs Conjuntos Família e de Vacas Leiteiras e Campeã Progênie de Mãe. Na 44ª Expofeira de Canguçú, outubro, o 12º consecutivo Grande Campeonato, alem dos Reservada de Grande Campeã, Campeã Júnior, 1º Lugar Concurso Leiteiro até 36 meses, Campeãs Conjunto de Vacas Leiteiras, Campeãs Progênie de Mãe, Melhor Criador e Melhor Expositor.


Completa Ayrton Raffi:

“Neste 2012 estamos trabalhando para manter a trajetória de sucesso até aqui alcançada, responsável pelos bons resultados conseguidos nas vendas de animais, propiciando aos compradores satisfação e grandes campeonatos (Fenasul, Fenasoja e Regionais). Mais investimentos na propriedade e, principalmente, em genética com a aquisição de sêmen dos melhores touros. A estrutura do nosso Sítio é bem funcional, mas necessita de mão-de-obra adequada ao manejo, muitas vezes dificultado pela falta de empregados com formação específica.


Como criador posso dizer que tenho algum conhecimento sobre a raça jersey e aconselho a quem quiser criar jersey visitar criadores, ter bastante curiosidade nas informações e saber escolher qualitativa, e não quantitativamente, pois isso lhe dará sucesso no empreendimento. Persistência é de suma importância.

O Objetivo da produção leiteira do Sítio “El Passo” era um produto de excelente qualidade, e a criação de animais com tipo e produção, como exemplo a tetrecampeã Marvebê Furor del Passo.

Participei de eventos da raça jersey por mais de 20 anos, tornando esses momentos didáticos e de congraçamento, pois as exposições do jersey são “uma festa”. Valorizar e remunerar bem quem produz melhor é a forma mais justa e competente de serem tratados os produtores”.


O SITIO EL PASSO encerrou suas atividades no ano de 2014, vencedor, vendendo  a maioria de suas matrizes para o criador gaúcho RICARDO/VIRGILIO BIESSDORF.


AYRTON RAFFI DOS SANTOS participou de diversas diretorias da ACGJRS, por mais de uma gestão tambem eleito Presidente dos NÚCLEOS DE CRIADORES DE GADO JERSEY DE CANGUÇU e DE PELOTAS.